A FORÇA DO CAPITAL EXTERNO NA BOVESPA

28 janeiro. 2012

 

O início do ano de 2012 tem surpreendido bastante positivamente os investidores nacionais. A sensação de que o pior da crise já passou, levou o índice Ibovespa a subir quase 11% até o dia 27/1. Os investidores começam a se perguntar se existe algum fator que explique a recente alta. Alguns analistas acreditam que tem a resposta: os investidores estrangeiros. Até o dia 23 de janeiro, o capital estrangeiro já comprou liquidamente R$ 5,3 bilhões em ações na Bovespa. Para se ter uma perspectiva, no ano passado os investidores tiraram da bolsa R$ 1,35 bilhões. No ano de 2010, de janeiro a dezembro, foram adicionados R$ 5,96 bilhões. Se a recente entrada de recursos estrangeiros se mantivesse por todo ano, haveria um saldo positivo de investidores estrangeiros em R$ 83,5 bi ao final de 2012, um valor obviamente fora da realidade, mas mostra a sede do capital internacional pelas ações brasileiras. A entrada de recursos atual só pode ser comparada a do ano de 2009, quando os estrangeiros deixaram R$ 20,6 bilhões na Bolsa, levando o índice Ibovespa a subir 82,6% naquele ano. E para os investidores internacionais a subida recente da Bolsa é ainda melhor: com a cotação do Dólar em queda, o retorno neste mês de janeiro já representa um ganho de 17%. O ano de 2012 parece prometer, e os investidores estrangeiros sabendo disso, estão posicionando, chegando bem cedo à festa. O perigo é de que um ganho tão alto e rápido possa estimular uma realização de lucros no curto prazo.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: