BOVESPA – DIFICIL EXPLICAR A QUEDA

02 maio. 2011

Está muito difícil encontrar uma razão convincente para a queda tão expressiva do Ibovespa neste primeiro quadrimestre de 2011. Algumas justificativas levantadas por analistas como a redução da atividade econômica na China, a saída de investidores estrangeiros e as incertezas sobre os preços das commodities, não podem justificar uma queda desse porte, especialmente porque vem ocorrendo um descolamento da bolsa brasileira das principais bolsas internacionais. O fato é que a Bovespa encerrou abril com desempenho bastante negativo. O Ibovespa caiu 3,58%, só perdendo para o mês de janeiro em que recuou 3,94%. No ano o índice da bolsa paulista apresenta uma perda de 4,58%, enquanto a bolsa espanhola subiu mais de 23% (com a economia espanhola bastante debilitada), e os índices de Wall Street subiram 8,43% (S&P500) e 11,6% (Dow Jones). Esses números parecem contraditórios porque a economia brasileira está em crescimento, enquanto que nos países desenvolvidos a situação é mais complicada. É verdade que o governo teve uma parcela de influência nessa performance negativa, com suas intervenções atabalhoadas nas duas principais blue chips  da nossa bolsa (Vale e Petrobras). Mas o que o mercado parece estar mesmo refletindo é a insegurança dos investidores sobre como o Banco Central irá atuar para reduzir a inflação. A falta de clareza da política governamental aumenta as dúvidas e a prova é que as expectativas de inflação refletidas pela pesquisa do Boletim Focus continuam a apontar para índices crescentes. Nesse sentido a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (COPOM) não poderia ser mais danosa, indicando um ciclo de aperto monetário mais prolongado. Acontece que ela veio na contra mão dos sinais que o Banco Central vinha emitindo, de que usaria menos juros e mais medidas “macroprudenciais” para controle dos preços. Além das ações da Vale e da Petrobras, as ações dos bancos foram bastante afetadas, o mesmo ocorrendo com as ações das construtoras, estas últimas afetadas pela potencial redução dos financiamentos do programa “Nossa casa nossa vida”. O cenário está bastante nebuloso e a volatilidade deve continuar até que a nebulosidade se dissipe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: