USIMINAS – A JÓIA DA COROA.

23 março. 2011

 A Caixa de Empregados da Usiminas (CEU) colocou oficialmente à venda a participação de 10,1% que possui no capital votante da companhia. Essa já era uma decisão esperada, uma vez que a CEU necessita desses recursos para poder cumprir suas obrigações com os aposentados. Conforme comentei na matéria de meu post de 21 de fevereiro, os demais acionistas majoritários (Nippon Steel, Camargo Correa e Votorantim) prevendo esse evento, já haviam firmado novo acordo de acionistas que será vigente de 2016 a 2035, excluindo a CEU do grupo controlador.  Dessa forma as ações pertencentes à CEU, somente integrarão o grupo controlador até 2016. O inusitado dessa operação é que a CEU contratou o Credit Suisse para fazer a venda (entenda-se achar um comprador), muito embora os demais acionistas controladores detenham o direito de preferência para essa aquisição. Movimentos paralelos deixam no ar outras interrogações. O grupo Gerdau acaba de anunciar, justamente hoje,  um grande IPO, com o objetivo de captar mais de R$ 5 bilhões, sem explicar exatamente para que se destinariam esses recursos. No entender de alguns analistas a finalidade seria a aquisição de ações da Usiminas. A CSN já havia vindo a público anunciar que estava comprando ações da empresa e que pretendia aumentar sua participação. Agora, também, o grupo ítalo-argentino Techint, se apresenta como interessado. É curioso esse interesse, tendo em vista que, a pouco mais de um mês, a Usiminas se desfez de sua participação na Ternium (empresa do grupo Techint) por mais de US$ 1 bilhão.  O mais curioso ainda é que tanto a Gerdau como a Techint manifestam seus interesses exatamente quando o grupo japonês Nippon Steel está tendo dificuldades por conta dos desastres ocorridos no Japão. O fato é que a Usiminas se apresenta como a jóia da coroa, cobiçada por grandes players. Será que esses grupos querem aproveitar a momentânea debilidade dos japoneses para forçar um ingresso na Usiminas? O tempo dirá.A verdade que se pode constatar é que as ações da Usiminas têm subido bastante, especialmente as ordinárias e que os fundamentos da empresa estão cada vez melhores.

 

 

Anúncios

Uma resposta to “USIMINAS – A JÓIA DA COROA.”


  1. Gostei muito do texto!!!!! Ainda bem que temos o papel no nosso fundo, né? Será que não é hora de comprarmos mais?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: